Igreja Católica a Maior Instituição de Caridade do Mundo!

Nos seus 2.000 anos de história a Igreja Catolica foi a instituição que mais fez caridade neste mundo.
Se a Igreja não existisse provavelmente o mundo ocidental nem conheceria o sentido da palavra caridade. Essa é uma palavra que surgiu na Igreja, no sentido de ajudar, sem querer nada em retorno, essa idéia para os povos antigos, como os gregos e romanos, seria um absurdo! Essa virtude surgiu depois que o mundo ocidental se tornou católico.
-São milhares de Obras Assistenciais da Igreja Católica espalhadas por este mundo.
– Na época em que a lepra foi um grande mal, na Europa e Ásia haviam 3000 leprosários católicos.
– Em muitos países africanos as escolas e hospitais são mantidos pela Igreja Católica.
– A Igreja educou mais crianças do que qualquer outra instituição educativa ou religiosa.
– 25% das obras que cuidam de aidéticos em todo o mundo são mantidas pela Igreja Católica.
– Incontáveis hospitais, sanatórios, escolas para crianças carentes, asilos, creches etc espalhadas em todo o mundo!
– Durante 2000 anos, 20 séculos de existência, ninguém como a Igreja socorreu tanto os pobres, órfãos, viúvas e doentes, como ainda hoje fazem, por exemplo, as irmãs de Madre Teresa de Calcutá.
– É inegável, nenhuma instituição no mundo ocidental fez e faz tanta caridade.
Em Portugal:
– Até ao século XIX, num contexto antecedente à legislação de política social, a assistência social baseava-se em instituições de caridade privada (maioritariamente ligadas à Igreja e às ordens religiosas), direta ou indiretamente financiadas pela casa real, sendo sublinhada a não intervenção do Estado na sua atividade. Somente a partir do sec. XX é que começaram a desenvolver-se as instituições de assitência social do Estado.
– A Santa Casa da Misericórdia surgiu de uma iniciativa conjunta da Coroa Portuguesa e a Igreja Católica.
– A Cáritas Portuguesa é uma instituição oficial da Conferência Episcopal Portuguesa, vocacionada para a promoção e dinamização da ação social da Igreja. Visa a assistência e também a promoção, o desenvolvimento e a transformação social. Luta por uma sociedade mais justa, com a participação dos que são atingidos por qualquer forma de exclusão ou emergência, sem olhar a crenças, culturas, etnias ou origem.
– Os Centros Sociais Paroquiais, os Centros Paroquiais de Bem-Estar Social ou outras congregações religiosas, fortemente ligadas à Igreja Católica, são as segundas IPSS mais antigas, denominadas antes de 1983 por Institutos de Assistência. A Igreja é a instituição que em Portugal mais atenção prestou e de um modo mais persistente à ação social. A Igreja sempre foi um agente determinante e uma força fundamental na gestão das pessoas e dos meios relacionados com a solidariedade social. Para esta a ação social “… trata-se de um agir eficaz em ordem à edificação do Reino de Deus, contribuindo para a melhor ordenação da sociedade humana, a partir de comunidade cristã,…”.,De notar que 25% dos Centros Sociais Paroquiais são presididos por um sacerdote.

Fontes:

http://jornalpartilha.blogspot.com
http://analisesocial.ics.ul.pt
http://www.caritas.pt

Livros:
UMA HISTÓRIA QUE NÃO É CONTADA – Prof. Felipe Aquino – Editora Cleófas
CIÊNCIA E FÉ EM HARMONIA – Prof. Felipe Aquino – Editora Cleófas

Jornal:
Folha de São Paulo, domingo, 24 de maio de 2009.

Anúncios

Sobre Grupo de Oração Educandário Santo Antônio

O Grupo de Oração Educandário Santo Antônio pertence à Renovação Carismática Católica da Arquidiocese de Mariana/MG e realiza suas atividades na Capela do Educandário Santo Antônio, Paróquia Nossa Senhora do Pilar em Ouro Preto/MG.
Esse post foi publicado em Formação. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s