Por que o Maligno quer nos Contaminar

 

Então Deus disse: façamos o homem a nossa imagem e semelhança… Deus criou o homem e a mulher. Deus os abençoou: Frutificai, disse ele, e multiplicai-vos, enchei a terra e submetei-a …”(Gn 1,2628).

“Que é o homem, para dele assim vos lembrardes e o tratardes com tanto carinho! Pouco abaixo de Deus o fizeste, corando de glória e esplendor…” (Sl 8,).

Toda esta plenitude esta no homem, Deus nos fez para sermos inteiramente seus filhos amados, abençoados, para sermos os construtores  do seu reino, coroados de glória, a cima de todo as hierarquias, pois, sendo filhos, tem toda a graça, plenitude e herança.

Então foi por causa da desta criação, que Lúcifer achou que tinha perdido s eu lugar no coração de Deus, sendo um anjo de muito esplendor, conhecedor do poder de Deus, não quis se sentir inferior.

Foi à grande divisão que surgiu no coração de Lúcifer, não querer ser inferior aos homens e submeter em ser apenas um anjo, poderoso, sim, mas com limitações angélicas, com funções de ajudar e proteger sempre os homens para sua salvação (Hb 1,14) e no final seria os homens que iriam julgar os seus serviços (1Cor 6,3).

Por causa disso, inflamou seu coração na rebeldia contra o criador, alem do mais fez com outros anjos decaísse

Os anjos que decaíram do céu, assim como Lúcifer ou Demônio ou Satanás, o Dragão, a Serpente, era um anjo luz de Deus, nele também brilhava a glória de Deus, até o dia em se que se voltou contra o seu criador, quis ser como Deus, esquecendo sua condição de apenas criatura, um ser angélico, apenas espiritual na concepção plena na criação, é um corpo espiritual, cheio de todos os sentidos e dotado da sua razão.

         “Eras um querubim protetor, colocado sobre a montanha de Deus; passeava entre as pedras de fogo. Fostes irrepreensíveis em teu proceder desde o dia em foste criado, até que a iniqüidade apareceu em ti… teu coração inflamou de orgulho devido a tua beleza, arruinaste a tua sabedoria, por causa do seu esplendor, precipitei em terra” (Ez 28,14-17.)

         Depois disso, ele inflamou anjo de Deus a se rebelar contra o seu criador e por isso  ouve uma grande batalha no céu entre os anjos um terço dos deles  decaíram(Apc 12,4)

             ” Sabemos que houve uma batalha no céu, Miguel  e seus anjos tiveram que combater o dragão. O dragão e seus anjos travaram combates, mas não prevaleceram. E já não houve lugar no céu para eles. Foi então precipitado o grande Dragão, a primitiva serpente, chamado Demônio e Satanás , o sedutor do mundo inteiro. Foi precipitado na terra, e com eles os seus anjos”.(Ap. 12,7ss).

Os anjos, a cada um,  pertence a uma hierarquia ou uma milícia angélica, e cada um tem uma função específica , assim também os anjos decaídos, mantiveram o seu poder angélico, só que estão usando de outra forma, não mais para proteger os filhos de Deus, mas agora como seus inimigos.

Existem ainda  os anjos de Deus ,de diversas hierarquia e uma multidão numerosas, de miríades e miríades deste anjos(milhares de anjos), não fique pensando que só exista os anjos decaídos, temos os anjos para nos proteger , temos que invocar no combate contra o mal.

Por ventura não são todos eles espíritos servidores, enviados ao serviço dos que devem herdar a salvação?”(Hb 1,14).

Eles ai estão , desde a criação e ao longo da história da salvação, anunciando de longe ou de perto esta salvação e servido ao desígnio de divino de sua realização(Ap 7,11): fecham o paraíso terrestre para porteger  a árvore da  vida(Gn 3,24), protegem Lot(Gn 19,1-38), salvam Agar e seu filho Ismael(Gn 21,17), seguram a mão de Abraão(Gn 24,7) , protege Tobias na sua viagem(Tb 3,25), conduzem o povo de Deus(Ex 23,20-23), na  rebelião  de Lúcifer,combatem por  Deus  contra Satanás e seus anjos  e  os  expulsam do céu(Ap 12,7s), anunciam nascimentos e vocações, assistem os profetas e finalmente Gabriel  que anuncia o nascimento do precursor,  do próprio Jesus( Lc 1,26).

“Então Deus disse: façamos o homem a nossa imagem e semelhança… Deus criou o homem e a mulher. Deus os abençoou: Frutificai, disse ele, e multiplicai-vos, enchei a terra e submetei-a …”(Gn 1,2628).

“Que é o homem, para dele assim vos lembrardes e o tratardes com tanto carinho! Pouco abaixo de Deus o fizeste, corando de glória e esplendor…” (Sl 8,).

Toda esta plenitude esta no homem, Deus nos fez para sermos inteiramente seus filhos amados, abençoados, para sermos os construtores do seu reino, coroados de glória, a cima de todo as hierarquias, pois, sendo filhos, tem toda a graça, plenitude e herança.

Então foi por causa da desta criação, que Lúcifer achou que tinha perdido s eu lugar no coração de Deus, sendo um anjo de muito esplendor, conhecedor do poder de Deus, não quis se sentir inferior.

Foi à grande divisão que surgiu no coração de Lúcifer, não querer ser inferior aos homens e submeter em ser apenas um anjo, poderoso, sim, mas com limitações angélicas, com funções de ajudar e proteger sempre os homens para sua salvação (Hb 1,14) e no final seria os homens que iriam julgar os seus serviços (1Cor 6,3).

Por causa disso, inflamou seu coração na rebeldia contra o criador, alem do mais fez com outros anjos decaísse

Os anjos que decaíram do céu, assim como Lúcifer ou Demônio ou Satanás, o Dragão, a Serpente, era um anjo luz de Deus, nele também brilhava a glória de Deus, até o dia em se que se voltou contra o seu criador, quis ser como Deus, esquecendo sua condição de apenas criatura, um ser angélico, apenas espiritual na concepção plena na criação, é um corpo espiritual, cheio de todos os sentidos e dotado da sua razão.

“Eras um querubim protetor, colocado sobre a montanha de Deus; passeava entre as pedras de fogo. Fostes irrepreensíveis em teu proceder desde o dia em foste criado, até que a iniqüidade apareceu em ti… teu coração inflamou de orgulho devido a tua beleza, arruinaste a tua sabedoria, por causa do seu esplendor, precipitei em terra” (Ez 28,14-17.)
Depois disso, ele inflamou anjo de Deus a se rebelar contra o seu criador e por isso ouve uma grande batalha no céu entre os anjos um terço dos deles decaíram(Apc 12,4)
” Sabemos que houve uma batalha no céu, Miguel e seus anjos tiveram que combater o dragão. O dragão e seus anjos travaram combates, mas não prevaleceram. E já não houve lugar no céu para eles. Foi então precipitado o grande Dragão, a primitiva serpente, chamado Demônio e Satanás , o sedutor do mundo inteiro. Foi precipitado na terra, e com eles os seus anjos”.(Ap. 12,7ss).
Os anjos, a cada um, pertence a uma hierarquia ou uma milícia angélica, e cada um tem uma função específica , assim também os anjos decaídos, mantiveram o seu poder angélico, só que estão usando de outra forma, não mais para proteger os filhos de Deus, mas agora como seus inimigos.

Existem ainda os anjos de Deus ,de diversas hierarquia e uma multidão numerosas, de miríades e miríades deste anjos(milhares de anjos), não fique pensando que só exista os anjos decaídos, temos os anjos para nos proteger , temos que invocar no combate contra o mal.

“Por ventura não são todos eles espíritos servidores, enviados ao serviço dos que devem herdar a salvação?”(Hb 1,14).

Eles ai estão , desde a criação e ao longo da história da salvação, anunciando de longe ou de perto esta salvação e servido ao desígnio de divino de sua realização(Ap 7,11): fecham o paraíso terrestre para porteger a árvore da vida(Gn 3,24), protegem Lot(Gn 19,1-38), salvam Agar e seu filho Ismael(Gn 21,17), seguram a mão de Abraão(Gn 24,7) , protege Tobias na sua viagem(Tb 3,25), conduzem o povo de Deus(Ex 23,20-23), na rebelião de Lúcifer,combatem por Deus contra Satanás e seus anjos e os expulsam do céu(Ap 12,7s), anunciam nascimentos e vocações, assistem os profetas e finalmente Gabriel que anuncia o nascimento do precursor, do próprio Jesus( Lc 1,26).

Pe Vagner Baía

Anúncios

Sobre Grupo de Oração Educandário Santo Antônio

O Grupo de Oração Educandário Santo Antônio pertence à Renovação Carismática Católica da Arquidiocese de Mariana/MG e realiza suas atividades na Capela do Educandário Santo Antônio, Paróquia Nossa Senhora do Pilar em Ouro Preto/MG.
Esse post foi publicado em Doutrinas não católicas. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s